Cervejas-de-inverno
Cervejas de inverno: conheça os estilos mais indicados para essa época do ano
13 de junho de 2016
PROSA
Bierland é premiada com medalha de ouro no South Beer Cup
4 de julho de 2016
Exibir Tudo

Primeira colheita de
lúpulo na Bierland!

No final do ano passado, o sócio proprietário da Bierland, Eduardo Krueger, plantou uma muda de lúpulo, ingrediente muito importante na produção de cervejas, em frente à fábrica da Bierland. Em pouco tempo o pé cresceu e chegou a mais de 10 metros de altura! Há algumas semanas, a equipe da Bierland realizou a primeira colheita dos cones, que estavam com bastante lupulina. “Apesar do clima aqui não ser o do seu habitat natural, o pé de lúpulo se desenvolveu muito bem e a primeira colheita foi surpreendente. A partir de agora, ele deve florescer todos os anos e as próximas colheitas serão ainda melhores”, destaca Krueger. O lúpulos colhido no local foram do tipo Cascade e Sterling, que serão utilizados como lúpulo de aroma no próximo lote da Bierland American IPA.

Sobre o lúpulo

De acordo com o sommelier Yuri Holbrich, o lúpulo, na verdade, é uma flor. “Além de prestar qualidades conservantes naturais à cerveja, também fornece amargor e um amplo leque de aromas e sabores. O lúpulo, nada mais é, que o tempero da cerveja. Seu amargor é a espinha dorsal da cerveja, equilibrando a doçura natural do malte”, explica. O cultivo da planta é extremamente delicado e é realizado, na maior parte das vezes, em locais com clima frio, por isso é muito difundido no hemisfério norte.

Existem variadas espécies de lúpulo, algumas trazendo características mais intensas de amargor e outras com maior caráter aromático. “O lúpulo floresce no final do verão, produzindo uma flor no formato de um pequeno cone verde. Dentro deste cone, encontram-se as glândulas que produzem a lupulina, que contém todas as propriedades para fins cervejeiros. Somente as flores das plantas fêmeas são utilizadas”, destaca o sommelier.

lpulo-ipa-2016 (1)